Como Tirar A Cidadania Italiana Sem Sair do Brasil!

Como tirar cidadania Italiana? Descubra quem pode solicitar, o que fazer e quais os procedimentos.

Antes de tudo, existem duas maneiras de tirar sua cidadania italiana: pode se tirar tanto no Brasil quanto na Itália.

No entanto, o que você deve saber sobre essas diferenças é a questão do tempo e do custo.

Cada qual tem seus prós e contras, mas, se a sua procura é economia e comodidade há uma opção melhor, e esta opção é por via judicial.

Por outro lado, a via administrativa é bem mais onerosa, uma vez que o requerente deve dar entrada com seus documentos no consulado (a resposta neste caso pode demorar até 13 anos por conta da fila) ou ir até a Itália e ficar até 6 meses por lá, arcando com os custos de vida em euro.

A via judicial é uma das melhores opções para quem quer tirar cidadania italiana, uma vez que leva-se uma média de 2 anos para se concretizar e o requerente não precisa sair do Brasil.

Neste artigo daremos ênfase ao caminho de judicialização contra fila consular que junta o melhor dos dois mundos: preço e comodidade.

Se você quer tirar sua cidadania italiana, leia esse artigo até o final e veja todo o procedimento para se ter dupla nacionalidade italiana.

Quais Documentos Eu Preciso Para Tirar Cidadania Italiana?

Em 1º lugar, para ser reconhecido italiano o descendente deve demonstrar o vínculo de sangue com o parente italiano que deixou a Itália e emigrou para o Brasil. 

Para demonstrar essa ligação é necessário juntar as certidões de nascimento, casamento e óbito desde o familiar italiano até os requerentes, devidamente traduzidas e apostiladas.

Além disso, é preciso juntar a CNN (certidão negativa de naturalização) do descendente italiano com a finalidade de comprovar que o mesmo não se naturalizou brasileiro (igualmente traduzida e apostilada).

Às vezes é preciso retificar algumas certidões, ou seja, reparar dados incorretos que podem constar nesses documentos.

Se você desejar, podemos tirar todas as suas dúvidas referentes ao  processo de cidadania Italiana!

Quem Pode Solicitar Cidadania Italiana Por Via Judicial?

Em tese, todos os descendentes de italianos podem buscar e conseguir sua cidadania italiana por via judicial.

O que varia é a justificativa para o ajuizamento da ação, que muda conforme a situação de cada família.

De um lado, é a constituição da árvore genealógica familiar que vai determinar se a ação seguirá esse ou aquele caminho.

Caso não tenha muitas informações não desanime, pois somos especialistas em árvore genealógica e conseguimos descobrir através de documentos a sua origem familiar.

A Itália tem uma legislação bastante generosa com seus descendentes, a qual não prevê limite de gerações (aliás, possivelmente é o país da Europa com a legislação mais generosa de todas).

Em outras palavras, qualquer descendente de italianos pode buscar o reconhecimento e pedir cidadania italiana, não importa se a pessoa é filho, neto, bisneto ou tataraneto de italiano.

O que varia é o caminho a ser percorrido por cada um (administrativo ou judicial), a ser definido de acordo com a situação familiar e conforme o interesse pessoal dos requerentes.

Quais As Diferenças Entre Tirar Cidadania Italiana No Brasil E Na Itália

De fato, para conseguir sua cidadania italiana não há a necessidade de se deslocar até a Itália e fixar residência por lá: tudo pode ser feito dentro de um processo judicial e o reconhecimento da cidadania é feito por um juiz de direito italiano. E o melhor de tudo é que você não precisa deixar o Brasil para que isso aconteça.

Sem dúvida a busca pela cidadania italiana no Brasil é a melhor opção para você que não faz questão em esperar um pouco mais e não tem condição financeira de se manter na Itália por 6 meses (pré-requisito para conseguir a Cidadania Italiana por via administrativa diretamente na Itália), pagando aluguel e despesas com o dia a dia.

Nesse contexto, logo depois da elaboração e preparo dos documentos aqui no Brasil, você será representado na Itália, inclusive recebendo um acesso online para acompanhar o processo.

A solicitação de reconhecimento é examinada pelo Tribunal de Roma em média entre 18 e 24 meses. Lembrando que por essa via (judicial) não será necessário seu direcionamento até a Itália.

Por outro lado, quando se opta pelo caminho administrativo convencional (no qual se dá entrada dos documentos junto ao Consulado Italiano) no Brasil o processo é muito mais lento, podendo chegar até 13 anos de fila. Isso se dá pelo grande número de pessoas que se encontra na fila atualmente no Brasil.

Por exemplo, se você entrar na fila do Consulado Italiano no Brasil hoje, poderá esperar até 2034 para conseguir sua dupla cidadania italiana.

Contudo, o foco deste artigo é mostrar que há um caminho mais interessante que a via administrativa.

Afinal, a via judicial não exige que você more na Itália, evitando altos custos (visto que, hoje, um euro custa quase 7 reais) e ainda é um processo bem mais rápido que o convencional (administrativo) no Brasil, durando em média 2 anos. Veja mais sobre isso!

Vantagens Oferecidas Pelo Caminho Judicial Em Comparação Com As Vias Administrativas

Antes de mais nada, é preciso dizer que os documentos são os mesmos tanto para uma via como para a outra, o que varia é o tempo para sua cidadania italiana ser reconhecida.

Assim, a primeira e mais expressiva vantagem do caminho judicial é que ele evita a burocracia consular e elimina a obrigação do requerente ficar anos e anos aguardando a convocação no Consulado.

Depois de ser reconhecida a cidadania italiana por um juiz na Itália, a pessoa está segura de que ninguém poderá discutir ou questionar o procedimento no futuro, diferentemente dos processos que são feitos pela via administrativa (Consulado ou Comunes).

Além disso, outra grande vantagem das ações judiciais (contra fila consular no Brasil) é que elas não só são mais baratas, mas também por meio delas pode-se entrar vários parentes/familiares, diferente da via administrativa.

Dessa forma, é possível (e é o que geralmente ocorre) a divisão dos custos com outras pessoas, o que torna essa via ainda mais atraente.

Finalmente, o prazo de judicialização contra fila consular é muito menor que a administrativa no Brasil: o processo dura uma média 2 anos.

Conclusão

Pois bem, neste artigo você viu quem pode solicitar, o que fazer e quais os procedimentos para tirar sua cidadania italiana.

Também viu todos os aspectos burocráticos importantes e todos os benefícios e vantagens do contra filas consulares no Brasil.

Venha obter sua cidadania italiana conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *